Tratado Contra o Concílio de Trento | João Calvino

Código: 63FU6VNQ6 Marca:
R$ 77,90 R$ 62,32
até 3x de R$ 20,77 sem juros
ou R$ 59,20 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: 45 dias úteis
    • 1x de R$ 62,32 sem juros
    • 2x de R$ 31,16 sem juros
    • 3x de R$ 20,77 sem juros
    • 4x de R$ 16,69
    • 5x de R$ 13,58
    • 6x de R$ 11,47
    • 7x de R$ 9,95
    • 8x de R$ 8,76
    • 9x de R$ 7,84
    • 10x de R$ 7,14
    • 11x de R$ 6,57
    • 12x de R$ 6,09
    • 1x de R$ 62,32 sem juros
    • 2x de R$ 33,54
    • 3x de R$ 22,69
    • 4x de R$ 17,27
    • 5x de R$ 14,00
    • 6x de R$ 11,81
    • 7x de R$ 10,21
    • 8x de R$ 9,05
    • 9x de R$ 8,15
    • 10x de R$ 7,39
    • 11x de R$ 6,81
    • 12x de R$ 6,32
  • R$ 59,20 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Escrito em 1547, o "Tratado Contra o Concílio de Trento" é uma análise profunda de João Calvino dos cânones do Concílio de Trento, abordando os temas mais disputados na Reforma, incluindo a doutrina da justificação pela fé somente. Calvino, uma das figuras mais importantes e brilhantes da Reforma, oferece uma perspectiva teológica clara e persuasiva, defendendo as verdades eternas da justificação pela fé somente e da justiça imputada de Cristo. Seus argumentos contra Trento e as posições teológicas defendidas, bem como seu apelo às Escrituras e à tradição, proporcionam uma abordagem valiosa para a compreensão das doutrinas fundamentais da fé cristã. A ênfase de Calvino na distinção entre justificação e santificação, juntamente com seu apelo à certeza e segurança da salvação, é um lembrete oportuno para os crentes contemporâneos que buscam navegar pelas complexidades reformuladas pela Tradição Reformada. Esta obra é um tesouro teológico e certamente enriquecerá a compreensão dos leitores, aprofundando sua apreciação pela graça de Deus. Leitura obrigatória para qualquer pessoa interessada na herança teológica da Reforma.

 

Lutero morreu no ano de 1546. A primeira sessão do Concílio de Trento havia ocorrido no ano anterior. Após muitas e longas interrupções, discussões intermináveis, manobras e intrigas infinitas, o concílio encerrou-se definitivamente em 1563. Durante esses dezoito anos, cinco pontífices ocuparam sucessivamente a cadeira de Roma: Paulo III, Júlio III, Marcelo II, Paulo IV e Pio IV. Os atos promulgados por este concílio, ao longo de suas vinte e cinco sessões, demonstram de maneira evidente o contínuo repúdio da igreja às doutrinas calvinistas. Aliás, se Petávio estiver correto (e, em assuntos desse tipo, não há razão para questionar o testemunho desse erudito jesuíta), o Concílio de Trento foi convocado tanto por causa de Calvino quanto por causa de Lutero: a condenação desses dois reformadores (cuja doutrina sobre predestinação era uma e a mesma), segundo esse historiador, era um dos principais objetivos. Os decretos do Concílio de Trento são o padrão genuíno, declarado e indiscutível do catolicismo. Esses e outros cânones e decretos deste sínodo antievangélico, são refutados pelo grande Calvino, com força admirável, concisão e clareza.

 

Augustus Toplady (1740-1778)



Frankle Brunno

editor e fundador da João Calvino Publicações

 

-lancamento: 15/03/2024-

Produtos relacionados

R$ 77,90 R$ 62,32
até 3x de R$ 20,77 sem juros
ou R$ 59,20 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: 45 dias úteis
Sobre a loja

A João Calvino Publicações tem como missão publicar livros comprometidos com a tradição reformada, procurando restaurar – em todo o ambiente teológico – a atmosfera de uma conversa bastante disputada entre as gerações. Isso significa que traremos à língua portuguesa, em primeira mão, obras de grande relevância do passado para os nossos dias; apresentaremos novas traduções de clássicos da tradição reformada, buscando também abarcar obras que têm sido deixadas de fora do cânone.

Pague com
  • Mercado Pago
  • Mercado Pago
Selos

João Calvino Publicações - CNPJ: 37.381.857/0001-09 © Todos os direitos reservados. 2024